obrigado1
 
 
QUEM SOMOS | COMO ANUNCIAR | FALE CONOSCO
Destaque: 14/11 |
NOTÍCIAS
 
O Dia da Sobrecarga da Terra
Geral - 01/08/2018

Nesta quarta-feira, dia 1º de agosto, a humanidade esgota completamente os recursos naturais disponíveis para todo o ano. É o ponto sem retorno, o Dia da Sobrecarga da Terra (Earth Overshoot Day 2018), estimado pela organização internacional de pesquisa, a Global Footprint Network.

O Dia da Sobrecarga da Terra é exatamente a data em que a demanda anual de recursos do homem excede o que os ecossistemas da Terra podem renovar naquele ano. A humanidade, portanto, consumiu um ano de comida, água, fibra, terra e madeira em apenas 212 dias.

Mas não é só. O Dia da Sobrecarga da Terra acontece em 1º de agosto, a data mais "antiga" já registrada desde os anos 1970.

Nesse ritmo, precisaríamos do equivalente a 1,7 terras para chegar ao final do ano. Em outras palavras, a população global está consumindo recursos 1,7 vezes mais rápido do que os ecossistemas do nosso planeta podem regenerar.

Para calcular o Dia da Sobrecarga da Terra, o Global Footprint Network a cada ano soma todas as nossas demandas por alimentos, madeira e fibras (algodão) à absorção de emissões de carbono resultantes da queima de combustíveis fósseis.

Os números do Dia da Sobrecarga da Terra em 2018

Embora 86% da população do mundo viva em um país com déficit ecológico, os números mais recentes mostram alguns sinais encorajadores que dão esperança ao Dia da Sobrecarga da Terra adiado nos próximos anos.

A Pegada Ecológica da China é uma mais importante em nível global. A boa notícia é que diminuiu 0,3% de 2013 a 2014 após um aumento constante desde 2000. A queda decorre, em parte, por conta da diminuição em 0,7% da pegada de carbono total da China, e de 1,2% por pessoa de 2013 a 2014.

A Pegada Ecológica per capita em países de alta renda diminuiu 12,9% desde 2000. Alguns dos países com a maior queda desde 2000 são Cingapura (-32,1%), Bahamas (-26,2%), Dinamarca (-19,0%), Estados Unidos (-18,4%), Reino Unido (-16,6%) e França (-15,5%). De 2000 a 2014, a Alemanha registrou uma queda de 8% na pegada ecológica por pessoa e uma redução de 2,5% na pegada ecológica por pessoa entre 2013 e 2014. 

As consequências do Dia da Sobrecarga da Terra

Os custos desta conta incluem o desmatamento, o colapso da pesca, escassez de água potável, erosão do solo, perda de biodiversidade e da acumulação de dióxido de carbono na atmosfera, levando a mudanças climáticas mais graves e seca, mas também incêndios florestais e furacões.

"Hoje pode não parecer diferente de ontem, você ainda tem a mesma comida em sua geladeira", disse o CEO da Global Footprint Network, Mathis Wackernagel. "Mas incêndios são furiosos no oeste dos Estados Unidos. Em todo o mundo, em 2015, os moradores da Cidade do Cabo tiveram que reduzir pela metade o consumo de água. Estas são as consequências da pilhagem ecológica do nosso único planeta."

MoveTheDate

Para sensibilizar a opinião pública global e reduzir seu impacto, adiando esta data cada vez mais pra frente, várias atividades estão em andamento em todo o mundo. Em Nova York, um pequeno vídeo será exibido nos telões da Times Square até sexta-feira, dia 3, com as extraordinárias imagens de Louie Schwartzberg.

De Oakland e Paris, a Global Footprint Network e a Schneider Electricrealizarão um webinar intitulado "Vivendo em um planeta acabado: estratégias para o uso sustentável de recursos".

A Global Footprint Network realizará outros eventos e entrevistas de todo o mundo por meio de uma transmissão ao vivo no Facebook e no YouTube em 31 de julho e 1º de agosto.

 

 

Fonte e autoria da notícia: greenme.com.br

 

 

(Foto: greenme.com.br/reprodução)

 
 
 Voltar  Topo  Imprimir
 
 
CLASSIFICADOS
booked.net
DINHEIRO
HUMOR
BLOG