obrigado1
 
 
QUEM SOMOS | COMO ANUNCIAR | FALE CONOSCO
Destaque: 17/09 |
NOTÍCIAS
 
Pokemón GO: Aula de professor de Etec viraliza na web
Geral - 12/08/2016

O Centro Paula Souza está informando que a febre Pokemón GO está sendo utilizada por professores das Etecs de Itapeva e Cruzeiro e Fatec Carapicuíba como ferramenta de ensino:

“Ao perceberem que o game Pokémon GO virou uma febre nas Escolas Técnicas (Etecs) e Faculdades de Tecnologia (Fatecs) estaduais, professores do Centro Paula Souza estão recorrendo a elementos do jogo para atrair o interesse dos alunos em temas didáticos abordados nas salas de aula. 

O professor Eddy Antonini [foto], da Etec Dr. Demétrio Azevedo Júnior, de Itapeva, está fazendo sucesso na internet com o vídeo (confira no seguinte endereço eletrônico: https://youtu.be/0akoxmwyJog)  em que ele aparece na classe com os alunos do curso técnico de Eletrônica, ensinando trigonometria por intermédio do jogo. Os portais BuzzFeed Brasil e G1 publicaram entrevistas com Eddy, em que ele explica como a matemática pode ajudar nas estratégias dos competidores.

Já Anderson Sene, da Etec Prof. José Sant'Ana de Castro, de Cruzeiro, aplicou os ‘pokeconceitos’ para criar um modelo de banco de dados com os estudantes do curso técnico de Informática integrado ao Ensino Médio. ‘A participação dos alunos na aula foi excelente. Os exemplos do jogo ajudam a despertar o interesse do jovem, que assimila com mais facilidade os conteúdos porque é feita uma relação com a realidade do seu dia a dia’, diz.

Aprendizado tangencial – Para o coordenador do curso superior de Tecnologia em Jogos Digitais da Fatec Carapicuíba, Alvaro Gabriele Rodrigues, o fenômeno do Pokémon GO chamou a atenção dos professores para o conceito de ‘aprendizado tangencial’, no qual os jogos podem contribuir para o ensino a partir da familiaridade despertada pela experiência do jogador, mesmo que a educação não seja a finalidade do game.

‘Trata-se de uma prática pedagógica inovadora. Cada professor pode aproveitar os elementos do jogo da forma que quiser, tanto nas áreas que envolvem recursos tecnológicos quanto nas aulas de geografia, história e outras disciplinas regulares. Não há limites para a criatividade’, explica”.

 

 

 

(Foto: divulgação)

 

 

Este site foi licenciado com uma Licença Creative Commons - Atribuição 3.0 Não Adaptada.

Permitida a reprodução apenas se citadas a fonte e autoria: www.mococa24horas.com.br

 
 
 Voltar  Topo  Imprimir
 
 
CLASSIFICADOS
booked.net
DINHEIRO
HUMOR
BLOG